A VIDA NÃO É UM ERRO

Quando o Deus Perfeito resolveu criar seres perfeitos (homem e mulher) não errou. O que criou foi a expressão máxima da perfeição não vista em toda Sua criação. Deus criou o ser vivente apartir do barro e lhe soprou o sopro de vida, gestando Sua imagem e semelhança. O que tudo isso significa? Porque lamentamos o que somos? Porque desacreditamos em nós mesmos? Porque acreditamos que a vida é um erro?

Lamentamos o que somos quando não compreendemos para qual propósito existimos ou quando falhamos em nossa tentativa de fugir do Criador (a exemplo do que fez Adão ao perceber-se nu e sujo), ir para longe dos Olhos de quem tem compaixão por nós e nos ama é uma tentativa desesperada e improdutiva. O Criador sabe onde nos escondemos. Ele conhece todos os cantos internos e externos. Ele sabe onde nos sujamos e o quanto nus estamos, mas mesmo assim Ele nos chama como se estivesse nos procurando, Ele navega na nossa existência e como se estivesse nela. Ele trafega na mesma estrada como se precisasse caminhar lado a lado conosco.

Desacreditamos em nós e na vida por achar que o Criador não pode nos limpar sem ter que nos refazer. Nos afeiçoamos ao fracasso e ao erro com tal profundidade que tudo o mais – uma luz no fim do túnel ou a voz amável do Salvador – são despercebidas! E agora? Poderá o Criador me achar e mudar minha sorte? Poderá seu Amor me amar tão profundo como profundo é meu estado de perdição e dor? Sim! Ele está exatamente no lugar onde você errou, na mesma cena que você fraquejou, no jardim onde você perdeu a beleza da vida. Deus estar em todo lugar no tempo e fora dele.

A vida não é um erro! Ela é um acerto do Criador Perfeito! Você e eu somos um acerto de Deus. Nossa existência foi planejada e forjada para ser perfeita e não para falhar. Fomos feitos pelo Eterno para a eternidade. A falha nada mais é do que um ato de desobediência da criatura ante Seu Criador. Um desejo de ser igual quando já tinha o suficiente. Nós desejamos o indesejável e por isso erramos por nossa conta e risco.

A vida não é um erro de cálculo ou estratégia e sim de decisão e precipitação voluntárias de quem tinha tudo nas mãos e jogou fora.

São tantas as pessoas que culpam tudo em sua volta: a família, a religião, a sociedade, os outros, etc., porque não enxergam-se cultpadas de sua condição. Adão e Eva (Gn.3) fizeram a mesma coisa quando viram-se “fritados”, olharam para fora procuraram culpar outros e não a sì mesmos, traindo Quem mais os amou. Não perceber o próprio erro e ainda tentar transferir a responsabilidade para o outro, só nos faz descer ainda mais fundo até que seja quase impossível voltar à superfície.

O inimigo de Deus e dos homens, que no Éden ludibriou o casal, vive incessantemente enganando e oferecendo prazer, satisfação, prosperidade e alegrias aos montes com o mesmo fim: descaracterizar a perfeição do Criador. Mesmo conseguindo aqui ali algum êxito, não conseguirá oferecer o que o Criador oferece a criatura Seu amor e salvação através do Seu próprio Filho.

Fomos criados por um Criador Perfeito que nos criou perfeitos para uma vida perfeita. Nossa busca pela perfeição, pelo prazer e pela satisfação, produzem excessos de ansiedade, medo e dor como consequências de nossa natureza perfeita caída e não de uma falha do projeto original.

A vida longe do Criador é ambulante e sem sentido, mas a vida próxima ao Criador, apesar de tudo é protegida e guiado para um propósito maior.

E para você a vida é um erro? Espero que você esteja perto do Seu Criador. Amém!

Um abraço!

Josinaldo M.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.