The Great Reset in CHRIST

“Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai, a não ser por mim.”

Jesus Cristo

O Grande > Reset em CRISTO

Em junho de 2020, o Fórum Econômico Mundial anunciou em um encontro virtual a proposta The Great Reset, como um trabalho em conjunto que busca um futuro mais justo, sustentável e resiliente. O lançamento foi feito pelo príncipe Charles de Gales e por Klaus Schwab. A ocasião contou com falas do secretário-geral da ONU, António Guterres, e da diretora geral do FMI (Fundo Monetário Internacional), Kristalina Georgieva. Entre as empresas que mostraram apoio à iniciativa, estão British Petroleum (BP), Mastercard e Microsoft.

The Great Reset

Cada vez mais, os líderes mundiais (até mesmo os conservadores) veem este como um momento para apertar o botão “reset” para criar sociedades que vêem a conservação e o mundo natural como essenciais para nossa reconstrução após a pandemia e para mitigar e se preparar para as mudanças climáticas que estão por vir. Globalmente, há um alinhamento crescente em torno de #TheGreatReset, que as principais instituições globais – as Nações Unidas, o Fórum Econômico Mundial, o Fundo Monetário Internacional, os maiores bancos e investidores do mundo e as nações mais prósperas e estáveis ​​- estão liderando.

Seria bem interessante se fosse um tema Bíblico (do tipo: “É Hora de Voltar ao Primeiro Amor”), mas está longe de ser. A ideia “aproveitar” as mudanças nos hábitos da humanidade trazidas pelo COVID-19 que pôs o mundo de cabeça para baixo e continua produzindo mudanças através da morte de milhares de pessoas ao redor do mundo e na guerra deferida contra o vírus mortal.

Aproveitar esse momento para um “reset” é oportuno ou desonesto? Certo é que as pessoas estão mais vulneráveis à mudanças, bilhões de pessoas estão buscando uma saída para à normalidade ou um novo começo. A proposta surge num momento estratégico e contextualizado.

Foto por slon_dot_pics em Pexels.com

O “The Great Reset” chama a atenção pela sua grandiosidade e ambição, mas ignora a verdade de que uma mudança efetiva no(a) individuo(a) só ocorre de dentro pra fora, me refiro a mudança de alma não do corpo (externa). Uma mudança que parte da primícia constata desde a queda de Adão, que o homem como um todo necessita de uma ação Divina para que ele consiga reposicionar-se novamente. O grande problema do homem moderno é o mesmo do homem Adão e o homem neandertal, falta de Cristo no coração e na mente. Falta de propósito para vida, falta de sentido que seja além do que sua vista pode ver. O mundo precisa de um “reparo” que não pode ser feito apenas por vias humanas, pois às que foram postas à mesa e aderidas só se mostraram falhas até o dia de hoje, pois o homem sem Deus continua sendo um homem (raça humana) em busca de sentido, perdido e deformado. A volta ao Jardim do Éden (Paraíso) só ocorre quando nos voltamos à Cristo. Fora dEle não há outro caminho plausível.

Ele vos deu vidaestando vós mortos nos vossos delitos e pecados“.

Paulo, Efésios 2.1

O Reposicionamento Global não pode menosprezar a verdade de que o homem por natureza é mal, e, seus atos externos são um manifesto do que ele é dentro.

Nossos líderes mundiais e as grandes vozes da sociedade vão juntar-se e apresentar a Peça final do programa de reposicionamento global o “The Great Reset”, e talvez (presunção minha), liste umas das primeiras atitudes seja resiliência entre as demais positivistas e grandiosas que haverá de compor a Peça e provocar grandes mudanças sociais e melhorar (padronizar) o relacionamento da humanidade com a natureza em si. Uma verdadeira mudança de paradigmas e costumes.

Acredito que todas as boas ideias devem ser seguidas, especialmente, aquelas que visam melhorias nas relações humanas, que dêem mais liberdades e que comunguem com os valores de irmandade, retidão, compaixão, amor e empatia sobretudo no lidar com o próximo e com a natureza. O mundo está envelhecido e fraco. A natureza está sofrendo os descasos da humanidade e clama por ações benéficas. Deus incumbiu o homem de cuidar da Sua criação. Logo é nossa tarefa unir forças para o bem dela.

A Pandemia é uma grande oportunidade para o The Great Repositioning in Christ ou O Grande Reposicionamento em Cristo. Essa é a mudança real a considerar hoje, agora e nesse instante!

Que Deus abençoe nossos mandatários e líderes mundiais e tenha misericórdia de cada um de nós. Amém!

JosinaldoM