POR QUE CONTEÚDOS NAS REDES SOCIAIS ACUMULAM IRRELEVÂNCIA?

“Não adianta nada pendurar uma melancia no pescoço se não for na hora e lugar corretos.“

Provérbio Fictício

Uma pesquisa do Massachusetts Institute of Technology, nos Estados Unidos, apontou em fevereiro de 2012 que os usuários estavam insatisfeitos com o conteúdo do Twitter, rede social em alta na ocasião. Apenas um em cada três tweets merecia ser lido, segundo os 1.443 usuários entrevistados. O restante era “puro lixo”. Notem que essa pesquisa é de 2012 com uma rede desconhecida do povão. Você já imaginou hoje com o grande crescimento das redes sociais como Instagram, Facebook e o famoso WhatsApp?

A relevância de uma postagem em geral é medida pelo que ela gera de resultados ou pela mudança que ela produz num maior tempo possível, ou seja, o quanto ela resiste antes de ser substituída. Não é atoa que os stories duram poucas horas e somos bombardeados por gifs, colagens, vídeos, mensagens e etc., 24 horas por dia e 7 dias por semana. Loucura!

Não é o quanto de informações você acessa o(a) torna melhor informado(a), mais o quanto dessas informações lhe transforma e incomoda. Portanto, não é quantas selfies você visualiza por hora ou quantos emoticons, likes e dislikes você recebe, no fim, todos caem no ostracismo virtual e assim você vai sendo alimentado(a) e realimentado(a) com futilidades que causam obesidade virtual.

A quantidade enorme de publicação encontra uma quantidade enorme de desatentos e tornar-se irrelevante em poucos instantes. Atentos a essa realidade, entra em campo a AI – Inteligência Artificial “autodidata”, aprende e responde de forma rápida o(a) usuário(a) ávido(a) por consumir e consumir.

Dado específico da Bit.ly: um post no Face tem um “tempo de vida” de aproximadamente três horas e meia. Em pouco tempo, o seu post vira fumaça. Pior ainda: pode ser que você esteja publicando num horário muito diferente do que a sua audiência esteja online.

Você já parou para pensar na quantidade de informação que trafega em suas redes sociais? Ou já se sentiu como um(a) “escravo(a) digital”? Provavelmente não! Mas ouso pensar que você já se sentiu ansioso(a), apreensivo(a) ou angustiado(a) por não ter alcançado a atenção que gostaria àquela postagem genial que subiu para rede. Eu, de vez em quando me sinto assim. Estamos sendo condicionados aos holofotes da virtualidade.

Pondere sempre que você for postar, pare no sinal amarelo, reflita por breve instante, se o que você irá subir para Rede Mundial é relevante ou não será mais um item a ir direto para o spam da irrelevância.

Essa prática tem me ajudado muito ultimamente e desejo o mesmo a você. Um Abraço!

Josinaldo Mariano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.