SOMOS MESTRES DE NÓS MESMOS

Meus ilustres leitores e leitoras desse Blog, tudo bem com vocês? Que bom!

Nós seres humanos aprendemos de três formas: com a natureza, com os semelhantes e consigo mesmo. Vou me deter na última que é a mola propulsora das demais: o auto aprendizado ou o aprendizado se si mesmo.

Somos um esboço, uma enciclopédia ambulante, dinâmica e atualizada. Somos mestres de nós mesmos. Ninguém conhece-se melhor que a si mesmo. Os mestres do saber nos acompanham desde cedo, moldando nossas vidas e atitudes, nos ensinando o bê-á-bá da vida real, mas nós próprios desvendamos coisas que nos são privativas. Somos capazes de viver sem o conhecimento teórico adição, subtração, multiplicação e da divisão, mas não conseguimos viver sem nos sentir, nos olhar, perceber a multiplicidade que somos e nos entender como seres humanos.

A sabedoria nos ensina que a mais importante lição que aprendemos, antes de todas as outras é a de sobreviver com as capacidades que herdamos no nascimento. Sábios são sábios antes de saberem que são. Parece redundante, mas é verdade o que digo. Nós somos afeitos a dizer pra nós mesmos que podemos e dialogamos com nossa mente. Dialogamos e ouvimos bilateralmente, da mesma forma que escrevo aqui e você lê formando essa conexão bilateral.

Os vastos recursos internos que temos, são explorados ao máximo em momentos de extremas necessidades. Intuitivamente, buscamos socorro quando a primeira ameaça surgi. Acionamos dispositivos internos porque vimos de fábrica com eles. A vida que pulsa em nós é nossa professora. Ela nos ensina antes de buscarmos o conhecimento.

Somos mestres de nós mesmos no sentido mais basilar do conhecimento do eu, dos sentimentos, das reações automáticas e sintomáticas que o corpo produz.

Deus ao nos criar, implantou em nós atributos que não são ensinados na escola. Ele colocou em nós os recursos naturais à sobrevivência e nos deu um cérebro altamente capaz de aprender, reaprender, hibernar e acordar pro novo não perdendo o velho. Deus foi o Primeiro Mestre!

Somos mestres de nós mesmos! Mais, de maneira alguma ignoremos as outras formas de conhecimento e aprendizado. Sinta-se sempre motivado ao aprendizado.

Por Josinaldo Mariano

#fiquebem